Música
Imprimir Partilhar

48.º Festival Internacional de Música de Espinho encerrou com coletânea espanhola

Centenas de pessoas juntaram-se na Praça Progresso, para apreciar 90 minutos de um concerto memorável, com repertório clássico espanhol.
O encerramento da 48.ª edição do Festival Internacional de Música de Espinho esteve a cargo da voz de Estrella Morente e da Orquestra Clássica de Espinho, de 174 músicos, sob a direção musical de Sergio Alapont. 

A cantora, grande intérprete de "flamenco”, atuou, pela primeira vez em Espinho, com um programa dedicado à música espanhola. 

Numa seleção da obra "El amor brujo”, de Falla, Estrella declamou histórias de desamor e conjuro e ainda fez uma menção a Antonio Gades, mimetizando parte da coreografia da "Danza ritual del fuego”. O público dançou um pasodoble, na madrugada de domingo, para encerrar esta edição do FIME.
Ler mais