EM ESPINHO
Siga-nos:
Turismo
Camarão de Espinho

CAMARÃO DE ESPINHO


Invulgarmente saboroso, transportando no seu pequeno corpo transparente e rosado, um sabor espantoso e inigualável a oceano, é ex-líbris gastronómico de Espinho desde meados dos anos 60.

A faina permitia muitas vezes abundância deste fresco de mar, levando ao alargamento das suas vendas na capital, ganhando fama e tradição além-fronteiras.

A pesca desta espécie muito apreciada, é feita com mestria. É a "arte da sacada”, com uso das "camaroeiras” ou "sombreiras” para captura. Trata-se de uma rede retangular com malhagem de 18mm, comprimento máximo de 150 metros e altura de 100 malhas. Possui na parte superior uma "cortiçada” e na inferior "uma tralha de lastros” com pequenos chumbos em forma de anel. A junção das "tralhas” de forma a que a rede funcione como saco, e a técnica usada para a captura e concentração das presas.

As áreas de pesca limitam-se a um conjunto restrito de canais, explorados para a captura deste camarão.

É uma arte de grande precisão e concentração por parte dos nossos pescadores, dado que na maioria das vezes os canais do camarão são sistemas complexos entre rochas.

A pesca com camaroeiras continua a praticar-se nas águas do concelho de Espinho com o condicionalismo do "defeso”, cumprido entre 1 de Junho e 31 de Agosto, meses de proibição da pesca deste marisco, para salvaguarda da espécie.

Debrucemo-nos agora um pouco sobre a cosmopolita iguaria gastronómica de corpo rosado e sabor espantoso para acrescentar que o Camarão de Espinho, de sabor único é trabalhoso de capturar, mas fácil de confeccionar para os nossos criativos mestres gastronómicos locais.

Na época permitida poderá ser apreciado nos restaurantes do Concelho de Espinho.



« voltar

© 2017 Câmara Municipal de EspinhoTodos os direitos reservados