Natal
Imprimir Partilhar

Câmara Municipal assume toda a despesa com a iluminação natalícia

Encargo suportado em anos anteriores pelos comerciantes fica este ano a cargo da autarquia
O Município de Espinho anunciou que vai custear os 40.000 euros da iluminação natalícia da cidade entre esta sexta-feira e o dia 6 de janeiro, libertando desse encargo os comerciantes que o suportavam a expensas próprias.
Segundo explicou à Lusa o presidente da autarquia, a Câmara já vinha pagando os adereços luminosos de alguns espaços públicos mais emblemáticos, mas a restante iluminação criava dificuldades ao comércio tradicional, já que a maioria da despesa elétrica era repartida apenas entre alguns estabelecimentos, enquanto cadeias internacionais de vestuário, por exemplo, se recusavam a entrar na despesa.
"Isto vinha criando uma situação injusta para os comerciantes mais tradicionais de Espinho, que se empenhavam em assegurar o ambiente próprio da época e, com mais ou menos esforço, pagavam a sua parte da iluminação natalícia, enquanto outros estabelecimentos do centro da cidade - alguns até com grande reputação e níveis de faturação bem mais elevados - se negavam a contribuir para o bem comum e beneficiam na mesma do que era financiado pelos outros", disse Joaquim Pinto Moreira.
A solução chegou este ano: "Pela primeira vez, a Câmara vai assumir a despesa integral com a iluminação natalícia do centro de Espinho, assegurando a decoração de todas as entradas na cidade e procurando até alargar essa influência estética para além das áreas comerciais habitualmente mais procuradas".
Para além dos 40.000 euros destinados à iluminação, que contam com patrocínio de empresas, a autarquia reserva mais 90.000 euros para o restante programa de animação da quadra - cuja designação oficial é 'Espinho Cidade Encantada'.
"No dia 02 vamos ter a chegada do Pai Natal, nos fins de semana seguintes haverá um mercado natalício na Praça da Câmara e pelas ruas da cidade vai andar sempre a circular uma charrete e um comboio, para as pessoas conhecerem a zona do centro numa perspetiva diferente", revelou Pinto Moreira.
Até ao Natal, haverá também circo e teatro natalícios, assim como concertos de tunas académicas, bandas, orquestras e grupos corais; depois do dia 25, o programa completa-se com a festa de passagem de ano que levará fogo-de-artifício e música de dança à Praia da Baía, e encerra no dia 5 de janeiro com a 5ª Corrida de São Silvestre na Alameda do Casino.
A principal novidade desse programa de animação será, contudo, a pista de gelo que abre ao público a 1 de dezembro na Rua 23, no parque de estacionamento entre a Vila Manuela e o Centro Multimeios.
Quanto aos preços praticados para acesso a essas propostas, o presidente da Câmara disse que umas serão gratuitas e que outras estarão disponíveis por valores "sempre simbólicos e ainda mais simpáticos no caso das crianças".
Fonte:
Ler mais